quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Surgimento das primeiras cidades


Antigamente existiam os produtores, que plantavam e caçavam para sobreviver. Com o tempo, os produtores precisavam proteger seus alimentos armazenados dos rivais, então eles criaram os “seguranças” da à tribo. Os seguranças eram, geralmente, os mais fortes da tribo, eles pararam de trabalhar como produtor e havia uma troca entre produtor-segurança: os produtores eram protegidos pelos seguranças e os seguranças ganhavam alimento dos produtores.
Nas tribos, depois de um tempo, começou a surgir os religiosos, que eram as pessoas que colocavam a “culpa” de tudo de ruim que acontecia nos Deuses. Por exemplo, se um vulcão entrasse em erupção, era culpa de um Deus que não estava satisfeito com o que estava acontecendo na terra, assim, como recompensa, a tribo tinha que oferecer algo em troca, e nesse caso, geralmente eram mandadas virgens à boca do vulcão.
Após o surgimento dos religiosos, começaram a aparecer os reis, eram autoridade máxima naquele local, se considerava um rei quem pudesse falar com Deus, era um Deus ou o mais forte da tribo.
Assim surgiram as primeiras cidades, onde se concentravam os templos e o castelo do rei, consequentemente, onde os religiosos, seguranças e reis moravam. Já no campo moravam apenas os produtores.
Entre os séculos Vi a.C. e V d.C. existiam as chamadas “cidades antigas”. Elas eram pequenas (exceto Roma), onde se concentravam a fonte de poder político e o espaço comercial e religioso. Nessas cidades as pessoas discutiam os seus problemas e arranjavam a solução em reuniões que eram feitas na praça da cidade.
As cidades medievais surgiram logo após o fim das cidades antigas, elas duraram entre os séculos VI a.C. e XV d.C.. Nelas se concentravam os castelos, templos e casas dos comerciantes. Próximo delas haviam os campos, onde os produtores cultivavam e vendiam aos comerciantes. Essas cidades eram cercadas por muros para proteger de ataques, sair delas, passando por esses muros, era um grande risco de morte.


Maior cidade medieval europeia: Paris

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário